No calor, a água dá uma sensação de refrescância. Pois no frio, ela aquece e relaxa. Mas, na hora do sexo, independente da temperatura lá fora, a água pode ser um elemento que faz toda a diferença para o casal. Principalmente aquele que quer sair da rotina e está em busca de apimentar o sexo. Aliás, piscina, chuveiro, banheira ou mar: qualquer que seja a sua escolha, alguns cuidados devem ser tomados. Todos os ambientes molhados têm suas peculiaridades. Então, antes de transformá-los em parques aquáticos eróticos, confira nossas recomendações para mergulhar no prazer, literalmente!

Cuidados com a lubrificação

Sexo na água: dicas para aumentar a temperatura!

Na água, a lubrificação feminina fica comprometida. Assim a penetração pode ser mais difícil, causando dor. Neste sentido, lubrificantes à base de óleo comprometem a performance da camisinha. Porém os produzidos à base de água. saem com mais facilidade. Aliás, praticamente naturalmente, embaixo dela. Então a melhor opção para este momento são lubrificantes feitos com silicone, os mais apropriados para este fim.

Vale ressaltar que jamais deve-se usar sabão como lubrificante ou mesmo espuma para banho! Além de deixar o ambiente perigoso e propício para acidentes como escorregões. Esses produtos podem causar ardor e até infecções na vagina.

Leia mais: Aprenda como a massagem tântrica pode te ajudar a chegar ao clímax

Sexo seguro

O contato com a água em si já diminui a eficácia do preservativo. Misturado ao cloro da piscina, areia ou água salgada, o látex presente em sua composição se torna bem menos resistente, podendo se romper. O ideal é ter várias camisinhas à mão para ir trocando durante a relação e garantir a proteção.

Explore o ambiente

Sexo na água: dicas para aumentar a temperatura!

No banheiro, dentro do box ou de uma jacuzzi, aproveite o ambiente e use-o a seu favor. Que tal decorar tudo com velas aromáticas? A hora de mostrar seu romantismo é agora. Sabonete líquido se transforma em um aliado para explorar o corpo do parceiro em uma massagem caprichada. Masturbar-se com o chuveirinho também deixa os dois bem mais excitados nas preliminares.

Leia mais: Sadomasoquismo: o que você acha da ideia?

Muitas preliminares

Não sentiu segurança por causa do tópico referente à resistência da camisinha embaixo d´água? Não precisa excluir essa deliciosa opção de transa da sua lista de coisas quentes para apimentar a relação. Uma boa alternativa é fazer todas as preliminares na água e deixar a penetração para um ambiente seco. O sexo oral na água pode ser maravilhoso com óleos, leite condensado ou qualquer outra coisa que poderia fazer a maior sujeira em outro ambiente.


QUER AUMENTAR SEU DESEJO E PRAZER SEXUAL? BAIXE O E-BOOK GRÁTIS:


PLANO DE 5 PASSOS PARA TURBINAR O DESEJO SEXUAL 

Leia mais: Orgasmos múltiplos: existe segredo?

Experimente novas sensações

Na água, a sensibilidade e o toque são completamente diferentes. Isso porque a pressão e a temperatura são outras. Experimente novas sensações com novas posições, principalmente aquelas do Kama Sutra que pedem mais elasticidade e são mais difíceis de colocar em prática em terra firme. Fantasias como marinheiro e bombeiro têm tudo a ver! Não tenha vergonha de propor algo novo, a ordem é ousar!

Transar em lugares diferentes da cama tira o casal da mesmice e estimula o desejo. Em lugares públicos ou na intimidade, o que não dá é para esquecer a segurança. Além da saúde e cuidados com câmeras ou pessoas por perto (nos casos de praias públicas). Assim vocês não estragam uma ótima opção de diversão – que pode inclusive terminar com um banho cheio de malícia com cada um esfregando o corpo do parceiro! Que tal a ideia?

Compartilhe com suas amigas:


Dra. Vânia Machado
Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde. Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e disfunções sexuais. Precisa de ajuda profissional? clique aqui e marque uma consulta comigo.