Quem não sente saudade dos primeiros meses de namoro? Neste período, tudo era mais simples, recheado de mistérios e empolgante. Aliás, a libido estava sempre nas alturas. Além disso, falta de assunto não era um problema em questão. Pois sempre havia detalhes da sua vida para contar e outras da dele para ouvir. Com o tempo o(a) parceiro(a) deixa de ser novidade e o casal cria uma rotina própria. Assim, acaba tendo problemas se acomodando. Então é preciso cuidado para não tornar o relacionamento apenas mais uma das suas obrigações.

Dentre os hábitos que adquirimos, um dos mais perigosos para a prosperidade do relacionamento é deixar aquele tempo especial a dois de lado. É comum, quando ambos os parceiros já se sentem seguros em relação aos sentimentos um do outro, que o esforço da conquista diária perca o fôlego. Homens e mulheres relaxam e passam a deixar de lado aqueles pequenos agrados, tão corriqueiros no início do relacionamento. O resultado se reflete em vários âmbitos da vida do casal – principalmente o sexual. Mas por vezes o conforto de uma relação estável fala mais alto e os problemas acabam sendo empurrados com a barriga.

Cansou de se manter passiva aos pontos negativos do seu relacionamento? Deseja reconquistar o ânimo dos primeiros meses? Continue a leitura, vou te mostrar o caminho.

Leia mais: Saiba como a falta de desejo sexual pode gerar uma crise no casamento

Intimidade: a palavra-chave

Problemas sexuais? Converse com seu parceiro!

É normal que ao longo de um relacionamento o casal passe por altos e baixos. Mas quando é a  vida sexual que se mantém no baixo… aí a história parece mudar. A insatisfação sexual não só gera atritos e afasta o casal, como é também fonte de frustração e baixa autoestima. No entanto, mais do que uma causa, problemas sexuais são sintomas de que algo já não anda muito bem.

Os motivos podem ter várias origens que você deve investigar: uma doença, a perda de um ente querido ou até mesmo algum desentendimento entre o próprio casal. O mais comum, porém, é a terceira opção: a falta de diálogo, que é o principal motivo da insatisfação sexual entre os brasileiros. E faz sentido, não? Conforme vamos nos rendendo à rotina do relacionamento, perdemos o hábito de realizar pequenos esforços. Como perguntar como foi o dia do(a) parceiro(a) e manter conversas sobre assuntos relacionados à vida do outro. Acontece que é nessas pequenas atitudes que se constrói – e mantém – os principais ingredientes de uma vida sexual saudável: a cumplicidade, o respeito e a intimidade.

Leia mais: Seu parceiro não te procura mais na cama? Saiba o que isto pode significar!

Propiciando diálogos

Problemas sexuais? Converse com seu parceiro!

É importante estabelecer um diálogo aberto entre você e seu par, não importa a origem do problema. Porém, não recomendo exigir ou forçar estas conversas. Ao invés disso, propicie momentos nos quais elas possam surgir de forma natural: proponha idas ao cinema, jantares só a dois, um passeio no final de semana. Ao realizar programas em que vocês possam se conectar e curtir um ao outro sem distrações, a intimidade e a cumplicidade entre vocês será reforçada. Assim, será muito mais fácil tocar em assuntos delicados.


QUER AUMENTAR SEU DESEJO E PRAZER SEXUAL? BAIXE O E-BOOK GRÁTIS:


PLANO DE 5 PASSOS PARA TURBINAR O DESEJO SEXUAL 

É importante que o casal se sinta à vontade para compartilhar problemas e procurarem juntos por uma solução. Se ambos se preocuparem em manter um canal de diálogo sempre aberto e com muito respeito, as chances de que as dificuldades sejam superadas são altas. Além de exigirem a busca por ajuda profissional, é fundamental que seus problemas sexuais também sejam comunicados ao seu parceiro. Ele tem relação direta com a questão e também é afetado por sua falta de desejo e sua dificuldade de curtir aquele momento de prazer. A compreensão do seu namorado/marido acerca das suas limitações na cama é, ainda, importantíssima. Porque facilita para que estas questões sejam resolvidas com maior facilidade, de um modo que melhore o momento íntimo para os dois.  

Então, você passa por dificuldades na vida sexual?  Que tal conversar com seu parceiro? Esta é uma atitude simples que faz toda a diferença para a resolução dos seus problemas. Além disso, para o aumento da qualidade da relação. Abra o jogo e conte com o apoio dele para mudar a situação!

 

Compartilhe com suas amigas:


Dra. Vânia Machado
Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde. Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e disfunções sexuais. Precisa de ajuda profissional? clique aqui e marque uma consulta comigo.