As causas para que uma mulher não tenha mais desejo sexual podem ser físicas ou psicológicas. Para ambos os casos existem explicações e também algumas mudanças que você pode fazer no seu dia a dia, contribuindo para reestabelecer a quantidade de libido normal. De fato, o cansaço, o estresse e até a alimentação podem contribuir para a falta de apetite sexual.

No entanto, não desanime! Para te ajudar a contornar este problema e deixar a vida sexual cada  vez mais agitada, preparamos este post com as principais causas da falta de desejo e os modos para combatê-las. Confira!

Baixa autoestima

Você sabe quais são as principais causas da falta de desejo sexual? Saiba como combatê-las!

A autoestima baixa é uma das principais causas da falta de libido das mulheres, principalmente as que já tem muitos anos de relacionamento e estão perto ou já estão na menopausa. Nestas situações, muitas vezes as mulheres não se sentem mais tão atraentes e seguras por sentirem falta da juventude. Isso, no entanto, não deve ser um motivo para a tristeza e o desleixo.

Toda mulher merece se sentir segura, bonita e feliz: a solução para este item é se cuidar. Assim, leia livros que te deixem feliz e separe um tempo para fazer algo que te dê prazer (sozinha ou com as amigas): aulas de natação, pintura, aulas coletivas na academia, caminhadas, ir ao cinema ou teatro e arejar a cabeça são boas pedidas.

Cuidar da aparência também faz uma baita diferença e não há desculpas como tempo ou falta de dinheiro. Delegue tarefas para outras pessoas da casa e dedique seu tempo a tomar um banho demorado, fazer uma esfoliação no corpo, hidratar o cabelo, faça as unhas e usar um creme bem cheiroso para o corpo. Isso vai te ajudar a ficar bem com você mesma, o que se reflete diretamente na cama!

Mudar as roupas íntimas também dá uma força para seus sentimentos relativos ao sexo. Compre calcinhas e sutiãs novos, que te façam sentir poderosa e bonita. Conversar com seu par e descobrir o que o faz feliz na cama também é uma ótima sugestão. Invista nas novidades, experimentando fantasias que agradem aos dois.

Medicação para depressão

Mulheres que tomam medicamento para depressão costumam apresentar falta de desejo sexual. A relação entre os fatores é explicada pelos médicos: devido às alterações que os remédios provocam em áreas vitais do corpo, muitos deles acabam alterando até o humor e o apetite, pois possuem efeitos em glândulas e áreas do cérebro responsáveis pelos sentimentos e sensações.

Por isso, se você vai utilizar ou já utiliza algum medicamento controlado para depressão, converse com seu médico. Veja se pode mudar algo na alimentação e procure sempre ter um profissional para te ajudar no processo, como um piscicólogo ou um terapeuta ocupacional.

Falta de exercícios físicos

Você sabe quais são as principais causas da falta de desejo sexual? Saiba como combatê-las!

Sua falta de libido pode ser sedentarismo

Se você não tem uma rotina que inclui exercícios físicos, há menos liberação de serotonina (é um neurotransmissor responsável pela sensação de felicidade) no seu organismo, o que a faz se sentir mais desanimada. Por isso, mexa-se! Não é preciso ter uma academia super equipada – 30 minutos de caminhada por dia já vão fazer grande diferença em sua respiração, na circulação do sangue e também em seu desejo sexual.


QUER AUMENTAR SEU DESEJO E PRAZER SEXUAL? BAIXE O E-BOOK GRÁTIS:


PLANO DE 5 PASSOS PARA TURBINAR O DESEJO SEXUAL 

Sentir-se bem com seu corpo é fundamental, já que as relações sexuais são íntimas e de profunda entrega.

Alimentação rica em açúcares

Uma alimentação rica em açúcares pode trazer consequências ruins para qualquer mulher. O açúcar afeta o funcionamento das glândulas, hormônios e órgãos, deixando o raciocínio mais lento. Além disso, esta dieta influencia no aparecimento de diversas doenças como a candidíase, que é um fungo que se alimenta de açúcar, causando coceira, dor para urinar e corrimento.

Desta forma, procure equilibrar sua alimentação e substituir doces e refrigerantes pelo açúcar natural das frutas: beba mais água e dê preferência aos sucos.

Alguns alimentos ainda têm o poder de aumentar a circulação sanguínea e aumentar as taxas de hormônios que deixam as mulheres mais animadas para o sexo. Dentre eles, podemos citar pimenta, abacate, castanha-do-pará, avelãs, cebolinha, aveia, noz-moscada, romãs, morangos e salmão selvagem, alho e manjericão.

As bebidas alcoólicas também possuem um efeito negativo que pode influenciar a vontade de fazer sexo. Para que isso não seja um fator para atrapalhar seu relacionamento, evite beber álcool e prefira bebidas com ingredientes que apimentem a hora H e também a água tônica, que contém relaxantes naturais para o corpo.

Bagunça no quarto

Deixe o ambiente preparado!

O quarto é o principal local para as intimidades de um casal: se ele estiver cheio de papéis relacionados ao trabalho, sujeira, bagunça e também a TV ligada o tempo todo, será um lugar não propício para o amor. Associar questões que trazem estresse (como o trabalho, por exemplo) e as distrações de aparelhos eletrônicos ao cômodo próprio do casal pode acabar tirando os momentos em que você e seu par terão mais apetite sexual.

A TV ligada faz com que vocês não dialoguem e estejam sempre prestando mais atenção à tela do que no parceiro. Para dar uma ajudinha extra, prepare o local com elementos aconchegantes como velas e luz baixa, escolha uma música que te faça sentir bem, desligue a televisão e faça do quarto o melhor lugar da casa!

Gostou de saber os motivos e as principais formas de combater a falta de desejo sexual? Agora é só seguir nossas dicas e ter noites incríveis!

Compartilhe com suas amigas:


Dra. Vânia Machado
Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde. Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e disfunções sexuais. Precisa de ajuda profissional? clique aqui e marque uma consulta comigo.