Sexualidade

Já ouviu falar em vaginismo? Saiba o que caracteriza a disfunção sexual

Dizem por aí que sexo, mesmo quando é ruim, é bom. Para as mulheres que sofrem de vaginismo, esta máxima definitivamente não é verdadeira.

Vaginismo – Distúrbio caracterizado por um espasmo involuntário dos músculos na região da vagina, esta disfunção torna a penetração durante o ato sexual difícil ou mesmo impossível, já que, dependendo do grau, os espasmos fecham a entrada da vagina, impedindo a entrada do pênis.

Mulheres que sofrem com o problema costumam desenvolver ansiedade e até mesmo medo em relação ao ato sexual, evitando-o ao máximo por temer sentir dor.

A excitação sexual para quem sofre de vaginismo, que, estima-se, atingir cerca de 5% das mulheres, só acontece por meio da estimulação do clitóris, já que a penetração é dolorosa e difícil.

Continue a acompanhar o post e saiba mais sobre o distúrbio e a importância do seu tratamento!

Sintomas mais comuns

Sentir uma dorzinha eventual durante a penetração é algo que pode acontecer devido a fatores como lubrificação insuficiente, pouco interesse pelo parceiro ou até mesmo condições desfavoráveis, como um local desconfortável.

O problema é quando esta dor se torna persistente, chegando até mesmo impedindo o ato sexual.

Neste quadro, dentre os principais sintomas do vaginismo, estão a penetração difícil ou impossível durante o sexo e a dor vaginal comum durante a relação sexual e até mesmo durante um exame pélvico.

Principais causas

O vaginismo é uma disfunção de fundo psicológico. As causas são variadas: de desconforto em relação a um parceiro até trauma ou abuso sexual no passado, passando por histórico de desconforto durante a relação sexual.


QUER AUMENTAR SEU DESEJO E PRAZER SEXUAL? BAIXE O E-BOOK GRÁTIS:


PLANO DE 5 PASSOS PARA TURBINAR O DESEJO SEXUAL 

Existem três tipos de vaginismo:

  • No primário, a mulher apresenta desde o início da vida sexual a dificuldade em ser penetrada.
  • No tipo secundário, a paciente, em algum momento de sua trajetória,  já conseguiu fazer sexo sem sentir dor ou ter problemas durante a penetração, mas, devido algum trauma ou episódio, não consegue mais ser penetrada.
  • O terceiro tipo é o vaginismo situacional, em que a mulher apresenta dificuldades pontuais com a penetração, devido ao parceiro, local ou outro fator. Neste caso, por exemplo, é possível que a mulher consiga fazer o exame pélvico sem problemas, mas trave e se feche durante a relação sexual.

Exames e tratamento

O diagnóstico do vaginismo pode ser obtido com um exame pélvico. Também é fundamental realizar histórico clínico e fazer um exame físico completo para descartar qualquer outra possibilidade como causa da dor durante o ato sexual.

Ginecologista, psicólogo, fisioterapeuta: o tratamento do vaginismo conta com a participação de profissionais de diversas áreas da saúde. Terapia prolongada e exercícios para contração e relaxamento dos músculos da região pélvica estão entre as etapas do tratamento para a disfunção.

É indicado, inclusive, que este processo seja realizado sob a supervisão de um terapeuta sexual – ou outro médico capacitado para a função – e tenha a participação do parceiro. A ideia é que sejam incluídos, de forma gradual, contatos mais íntimos, culminando com a penetração.

É muito importante ter em mente que sentir dor e não conseguir ser penetrada durante a relação sexual não é uma situação comum. Como dito no vídeo abaixo:

O vaginismo é uma disfunção e – felizmente – é passível de tratamento. Se você sofre com este distúrbio, procure ajuda. Ter uma vida sexual prazerosa é possível!

Sobre a autora

Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde.

Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e a falta de desejo sexual através do meu Programa Online Mulher Com Líbido.

Seja a primeira a Comentar

Clique para postar um comentário

Canal Dra. Vânia Machado

Descubra 3 erros que afastam qualquer homem no relacionamento.

Não tenho vontade de transar, sou normal?". Confira a resposta no video.

Descubra mitos e verdade sobre o orgasmo feminino!