O que é uma mulher poderosa? É claro que os seus atributos variam com o tempo e as mudanças sociais. A História está cheia delas, por razões diversas. Perversas ou singelas, elas fazem total diferença nos enredos de muitas narrativas. E se a vida real pode gerar uma lista de tipos, imagine a ficção! E pensando nisso, selecionamos algumas mulheres poderosas, fictícias ou quase, mas que podem inspirar muito as moças e os moços de hoje. Então acompanhe com a gente o post de hoje e descubra todo esse poder para se espelhar.

A Penélope da literatura e dos filmes

Penélope é uma personagem mitológica, uma das mais importantes da Odisséia, um poema épico atribuído ao grego Homero. Até hoje, muitos outros textos e roteiros se inspiram nessa mulher que foi capaz de esperar pelo marido herói por vinte anos, enquanto ele lutava na guerra. A força dela, no entanto, não se resume à persistência e à esperança. Penélope foi inteligente, ardilosa e esperta ao planejar modos de escapar dos casamentos forçados e do assédio de outros homens, enquanto o marido não dava notícias.

A Mulher Maravilha dos quadrinhos e das animações

A Mulher Maravilha é a primeira heroína protagonista da DC Comics, importante estúdio de quadrinhos. Além de linda e poderosa, ela lutava pela paz no mundo, usando um laço mágico e um bracelete dourado. Nos desenhos animados, ela pilotava – e muito bem por sinal – um avião invisível. A série de TV mais famosa passou durante muitos anos, mostrando uma Mulher Maravilha na pele de Linda Carter, atriz que fazia jus ao nome.

Frida Kahlo, tão incrível que virou ficção

Frida Kahlo era, na verdade, Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón, uma artista plástica mexicana absolutamente impressionante. Sua história de vida pode ser vista em filme – Frida (2002, direção de Julie Taymor) -, protagonizado magistralmente pela atriz Salma Hayek. Roupas coloridas, grandes colares, muita dureza no olhar e sobrancelhas marcantes são aspectos que configuraram a imagem dessa artista. Hoje em dia, além de ter se tornado mais famosa e popular do que seu marido, o também pintor Diego Rivera, Frida está estampada em camisetas, quadros e muitos outros objetos.

Xerazade, a contadora de histórias

Xerazade ou Sherazade é a narradora de As mil e uma noites, um dos livros mais famosos do mundo, gerador de filmes e séries. Nas histórias, foi uma rainha persa que escapou da morte contando histórias e administrando bem o suspense e a curiosidade. Esperta, inteligente e sutil, Xerazade tornou-se o amor do Rei Shariar.

Miranda Priestly, a editora-chefe da revista fashion Runaway

Bom, não é bem pela personagem que esta mulher é poderosa. No filme O Diabo Veste Prada (2006), Miranda Priestly é vivida pela poderosa – de verdade – atriz Meryl Streep, ganhadora de vários Oscars, entre outros prêmios. Juntando-se as duas – personagem e atriz fantástica, o resultado é uma mulher poderosa e estilosíssima, que ostenta maravilhosos cabelos brancos, sem descer do salto. Tudo bem que Miranda seja antipática e autoritária, mas isso é para esconder uma vida pessoal complicada. A elegância irretocável da personagem e sua dedicação ao trabalho, mesmo que pelo excesso, podem trazer inspirações interessantes. O filme foi adaptado de um best-seller literário de mesmo nome, publicado em 2003, de autoria de Lauren Weisberger.

É claro que esta lista é curta e cheia de lacunas. Quantas mulheres poderosas ficcionais ainda podemos inserir? Melhor ainda se forem as de verdade, cujo número só aumenta. Então nos ajude através dos comentários e conte para nós qual outra mulher poderosa merece estar na lista. Participe da conversa!

Compartilhe com suas amigas:


Dra. Vânia Machado
Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde. Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e disfunções sexuais. Precisa de ajuda profissional? clique aqui e marque uma consulta comigo.