Nem todas as mulheres conseguem chegar ao orgasmo durante a relação sexual. Muitas confessam abertamente que fingem o orgasmo para não decepcionar o parceiro ou porque sabem que não atingirão o prazer. Além disso, muitas tem problemas com a libido.

Para algumas pode ser até mais difícil chegar lá. Até mesmo a estimulação do clitóris, o ponto mais erógeno do corpo feminino (região com o maior número de terminações nervosas, extremamente sensível ao toque), pode não ser suficiente.

O que poucas sabem, no entanto, é que existem outros caminhos que levam ao orgasmo – todo o corpo é estimulável. Certamente apostar em outras regiões menos óbvias para obter prazer é uma excelente pedida para quem têm dificuldade de atingir o ápice sexual.

Confira 5 possibilidades que valem a pena serem testadas para melhorar a qualidade da sua relação debaixo dos lençóis!

Os prazeres de um beijo

Além do clitóris: 5 dicas que levam ao orgasmo

Não é à toa que alguns beijos são arrebatadores. Aliás, a boca é uma região cheia de terminações nervosas. Ela apresenta alta sensibilidade, assim como a vagina. Portanto, vale a pena explorar ao máximo esta manifestação de carinho durante o ato sexual.

Acredite: um beijo bem dado pode facilitar muito a chegada ao clímax.

Leia mais: Clitóris: tudo sobre o órgão do prazer

Toque nos seios

Além do clitóris: 5 dicas que levam ao orgasmo

Os seios são sensíveis às carícias de um simples toque ou um beijo mais assanhado. Aliás, essa também é uma região que, ao ser estimulada, pode levar a mulher ao orgasmo.


QUER AUMENTAR SEU DESEJO E PRAZER SEXUAL? BAIXE O E-BOOK GRÁTIS:


PLANO DE 5 PASSOS PARA TURBINAR O DESEJO SEXUAL 

De acordo com uma pesquisa publicada no Journal of Sexual Medicin, o toque nos mamilos estimula uma área no cérebro chamada córtex sensorial genital. Que também é ativada quanto o clitóris é estimulado.

Leia mais: 5 dicas para enlouquecer seu parceiro na cama

Outras áreas erógenas do corpo

Na hora do sexo, é interessante explorar o corpo como um todo. As mulheres que se conhecem muito bem conseguem atingir o orgasmo com mais facilidade. No geral, além das regiões citadas anteriormente, nuca, orelha, lombar e umbigo também podem despertar o prazer.

Outra região, o períneo, que fica entre o ânus e a vagina, também merece atenção especial. Todas essas zonas, consideradas erógenas, quando tocadas podem levar qualquer um ao orgasmo, sem a necessidade da penetração ou do estímulo ao clitóris.

Palavras picantes ao pé do ouvido: orgasmo certo

Além do clitóris: 5 dicas que levam ao orgasmo

Também é possível chegar ao orgasmo com mais facilidade ouvindo algumas palavrinhas estimulantes. Uma frase mais picante intensifica o tesão, fazendo com a mulher fique cada vez mais excitada.

Além do mais, a orelha é uma região erógena, com terminações nervosas. Com um simples toque, já pode levar a mulher à loucura.

Leia mais: O jeito mais fácil para ter um orgasmo de verdade

Sonhos x realidade

Não é incomum mulheres e homens relatarem chegar ao orgasmo depois de ter um sonho mais picante. De acordo com os especialistas, como o inconsciente não possui proibições, é grande a possibilidade de atingir o ápice do prazer.

Ainda que você não acorde tendo um orgasmo, é possível chegar a um nível de excitação bastante alto.

As fantasias também não se restringem ao mundo dos sonhos. Realizá-las – pode ser usando uma lingerie diferente – também é um grande facilitador para o clímax.

Mantenha a mente aberta e aprenda a explorar o corpo, encontrando as regiões que podem te garantir muito mais prazer. E lembre-se: as cinco dicas anteriores são um ótimo ponto de partida para que você descubra novas possibilidades!

 

Compartilhe com suas amigas:


Dra. Vânia Machado
Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde. Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e disfunções sexuais. Precisa de ajuda profissional? clique aqui e marque uma consulta comigo.