Quando o assunto é sexo, a polêmica é certa. Hoje em dia falar sobre o tema é algo visto sem muita encanação para a maioria das pessoas, mas ainda há alguns tópicos que são considerados verdadeiros tabus – e não apenas nas conversas, mas também na prática.

Encarar de frente estes “assuntos sexuais proibidos” é importante para que você se conheça melhor, saiba com certeza o que te agrada ou não e conquiste uma vida sexual mais prazerosa.

Sem dúvidas, não é ignorando a temática que você conseguirá ter uma opinião formada da situação – abra a mente e considere as possibilidades sem ideias pré-concebidas.

Você nunca será obrigada a testar nada, mas estar apta para o debate é sempre importante na busca por uma vida sexual de mais qualidade.

Hoje iremos listar os quatro principais tabus que rondam as mentes femininas e os motivos para você se livrar deles. Acompanhe!

Sexo Anal

Este merece estar no topo da lista. Muitas mulheres não gostam nem de tocar no assunto; outras sonham em experimentar, mas o medo fala mais alto; e ainda há aquelas que adoram a prática declaradamente.

Um dos maiores preconceitos em relação ao sexo anal é que fazê-lo não é natural, é sujo, é errado ou até mesmo um pecado. Outros grandes impedimentos são o medo da dor e a vergonha.

O que você deve saber é que esta prática pode ser, sim, muito prazerosa para a mulher – sem dor e sem medo de ser feliz.

Se você sempre teve vontade de tentar e faltava coragem, uma dica é conversar com seu parceiro e ir fazendo tentativas aos poucos, sem pressão para dar certo, investindo bastante nas preliminares e tentando relaxar o máximo possível.  

Esta é a receita para o sucesso! Veja o vídeo abaixo e confira minhas dicas para o sexo anal:


QUER AUMENTAR SEU DESEJO E PRAZER SEXUAL? BAIXE O E-BOOK GRÁTIS:


PLANO DE 5 PASSOS PARA TURBINAR O DESEJO SEXUAL 

Masturbação Feminina

O tabu em relação à masturbação feminina é uma questão cultural. O homem é estimulado desde a adolescência à prática da masturbação, mas as mulheres foram ensinadas desde cedo que a atividade é errada.

Você teria coragem de se masturbar em frente ao seu parceiro? A maioria das mulheres diria que não.

Os motivos para isso muitas vezes têm a ver com vergonha, falta de segurança com o próprio corpo e até mesmo a falta de intimidade do casal.

No entanto, este é um tabu que definitivamente deve ser superado: para ter prazer a dois, é preciso que você se conheça primeiro, desvendando todos as suas zonas erógenas.

A prática têm o poder de aumentar a intimidade entre o casal e tornar o sexo ainda mais prazeroso, já que vocês irão aprender muito mais sobre como proporcionar prazer ao outro.

Brinquedos Eróticos

O mercado das sex shops é um dos que mais crescem no Brasil, e ainda assim os brinquedos eróticos ainda possuem uma barreira a ser superada nas relações sexuais.

O principal medo das mulheres em experimentar e aderir aos brinquedos nas relações com seus parceiros é o que eles irão pensar desta atitude.

Em muitas das vezes, elas temem ser vistas como promíscuas, o que é um pensamento muito comum – e muito retrógrado e ultrapassado.

A verdade é que os brinquedos eróticos são capazes de apimentar a relação, tornar o casal mais íntimo e ainda complementar o prazer feminino em muitas situações em que a mulher tem dificuldades de chegar ao orgasmo.

De fato, está mais do que na hora de derrubar este tabu e dar uma nova chance ao seu prazer. Que tal planejar uma visita à sex shop?

Sadomasoquismo

Um tapinha não dói? Incluir brincadeiras mais agressivas na hora H, como mordidas, puxões de cabelo e os famosos tapinhas pode ser, sim, muito saudável para a relação.

O medo de que este comportamento ultrapasse as quatro paredes e invada a vida do casal, além da  vergonha de assumir o interesse por esta prática, são os grandes formadores deste tabu.

No entanto, se você e seu parceiro gostam ou querem experimentar (e desde que a situação não fuja dos limites impostos por vocês dois),a pergunta é: por que não?

Estas brincadeiras são capazes de dar mais gás às relações sexuais do casal e também  aumentam a cumplicidade e a confiança entre vocês.

Pronta para superar os tabus e apimentar a relação sexual? Entre quatro paredes, o importante é deixar a timidez de lado e dar asas ao desejo.

Converse com seu parceiro e implemente algumas novidades  excitantes em sua vida sexual. Não tenha receio de experimentar coisas novas –  se não gostar, basta não repetir!

Compartilhe com suas amigas:


Dra. Vânia Machado
Dra. Vânia Machado

Eu sou a Drª Vania Machado, psicóloga terapeuta sexual, mestre em psicopatologia clinica e psicologia da saúde. Há mais de 20 anos venho ajudando as mulheres a recuperar seu desejo sexual e já perdi a conta de quantos casamentos foram salvos de ir por água abaixo por causa de brigas e traições que começaram com um simples problema conjugal. Atualmente ajudo mulheres de todas as idades superarem crises no relacionamento e disfunções sexuais. Precisa de ajuda profissional? clique aqui e marque uma consulta comigo.